Batata-doce – Benefícios, Dicas e Receitas

A batata-doce é a raiz de uma planta rasteira, nativa do continente americano, que cresce sem exigir cuidados especiais para o cultivo. Embora seja menos consumida que a batata, ela é muito apreciada no Norte e Nordeste do Brasil. Geralmente cozida ou assada, ela acompanha o café. Pode ser também consumida em forma de vitamina, batida com leite.

No Brasil, há quatro tipos de batata-doce, que são classificados de acordo com a cor da polpa:

emagrecer
  1. batata-branca, também conhecida como angola ou terra-nova, que tem polpa bem seca e não muito doce;
  2. batata-amarela, parecida com a anterior, mas de sabor mais doce;
  3. batata-roxa, com casca e polpa dessa cor, é a mais apreciada por seu sabor e aroma agradáveis, sendo ótima para o preparo de doces;
  4. batata-doce avermelhada, conhecida no Nordeste como coração-magoado, tem casca parda e polpa amarela com veios roxos ou avermelhados.

Valor Nutritivo da batata-doce

A batata-doce, assim como a batata e a mandioquinha, contém muitas calorias e é rica em carboidratos. Além disso, possui alta taxa de vitamina A (sobretudo a batata-amarela e a batata-roxa), do complexo B e alguns sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro. Também suas folhas são bem nutritivas e podem ser preparadas como qualquer outra verdura de folha.

Como Comprar
A batata-doce de boa qualidade tem a superfície limpa e firme, sem cortes ou sinais de picadas de insetos, nem manchas que indiquem apodrecimento (por menores que sejam, essas manchas mostram que á polpa da batata já está estragada, com gosto ruim). Para saber quanto comprar, calcule 1/2 kg de batata-doce para quatro pessoas.

Como guardar
A batata-doce deve ser guardada em lugar fresco, seco e arejado, longe da luz direta do sol e protegida dos insetos. Nunca as coloque umas sobre as outras, pois as de baixo ficam abafadas e acabam germinando, ou seja, começam a brotar. Também não deve ser guardada na geladeira (antes de cozida), porque perde completamente o sabor.

Como limpar
Lave sob água corrente, esfregando com uma escovinha para eliminar toda a terra. Enxugue bem.

Como preparar
A maioria dos nutrientes da batata-doce, assim como os da batata, estão por baixo da casca. Portanto, é melhor preparar a batata-doce sem descascar, seja ela cozida, seja assada. No primeiro caso, lave e leve ao fogo em água fervente e com a panela tampada. Se a batata-doce estiver inteira, levará uns 35 minutos para cozinhar. Se ela estiver cortada em pedaços menores, levará de 15 a 20 minutos para ficar pronta. Para assar, lave bem a batata-doce, esfregando com uma escovinha, enxugue e leve ao forno numa assadeira. O tempo de cozimento é o mesmo. Depois de cozida, a casca sai com facilidade, bastando puxá-la com os dedos ou raspá-la com uma faca. Embora seja sempre melhor preparar a batata-doce com a casca, há algumas preparações, como ensopados ou guisados, nas quais ela deve ser descascada. Retire a casca com uma faca afiada, cuidando para que saia bem fina. Depois, coloque numa vasilha com água e sal, para que não escureça. Leve ao fogo junto com os outros ingredientes. Para fritar a batata-doce, descasque, corte em tiras ou rodelas e frite em pouca gordura. Quando estiver dourada, retire e coloque sobre papel absorvente para eliminar o excesso de gordura. Polvilhe com sal.

Ensopado de batata-doce
Descasque a batata-doce e cozinhe em água com um pouco de sal, até que comece a amolecer. Escorra e corte em rodelas. Noutra panela, esquente um pouco de óleo e refogue 1/2 cebola picadinha. Quando a cebola dourar, junte um pouco de pimenta-do-reino, salsa picadinha, 1 tomate picado e as rodelas de batata-doce. Acrescente 1 xícara de caldo de carne e deixe cozinhar em fogo baixo com a panela tampada. Quando a batata-doce estiver bem macia, sirva.

Dicas

  • A batata-doce combina muito bem com carne de porco e de cabrito.
  • O purê de batata-doce é ótimo para acompanhar assados.
  • A batata-doce pode ser servida com manteiga e rapadura, ou açúcar e canela.
  • Embora a batata-doce tenha um sabor mais rústico, ela substitui a castanha europeia em algumas preparações, como no caso do marrom-glacê.
  • Doce de batata-doce misturado com coco fica uma delícia!
  • Para retirar a casca da batata-doce com facilidade, depois que estiver cozida, coloque imediatamente na água fria. A casca sai sozinha.
  • Para que a panela na qual vai cozinhar batata-doce não fique escura, junte à água 1 colherinha de óleo.
  • O suco de batata-doce fresca é ótimo para quem tem problemas de estômago.
  • Ao cozinhar batata-doce. só acrescente o sal quando a água voltar a ferver, depois de ter colocado as batatas.

Curiosidades culinárias

  • antigamente a acelga era usada para combater a caspa e a coriza?
  • o caule do chuchuzeiro serve como matéria-prima para fazer papel e na fabricação de chapéus?
  • o champignon escurece quando é tocado com as mãos?
  • o maior cogumelo comestível já colhido era brasileiro? Foi encontrado em Atibaia, pesava 18 kg e tinha um chapéu de 50 cm de diâmetro.
  • na Europa, a acelga cresce naturalmente, sem necessidade de cultivo?
  • as folhas do chuchuzeiro são um ótimo alimento para o gado bovino e suíno?
  • os japoneses comem o chuchu cru?
  • na Costa Rica, o chuchu é plantado nas encostas íngremes para impedir a erosão dos morros?
  • o estrume de cavalo é a matéria ideal para o cultivo dos champignons?
  • são conhecidas mais de 38 mil espécies 1 de cogumelo?

Deixe o seu comentário!